29 de out de 2016

A hora da estrela - Clarice Lispector


Conta a historia de Macaeba, uma ‘Zé Ninguem’ com uma vida medíocre em um conto curto onde quando ela se dá conta que sua vida é uma ‘droga’ é a hora da sua morte.
A historia da personagem em si é chata, sem muito atrativo. O mais interessante no livro são os desvaneios da autora.Cheia de frases de efeitos e passagens bonitas.
Foi a primeira obra que li dessa autora. Vale muito a pena dá vontade de continuar se aventurando nas publicações de Clarice. ;)

“Pensar é um ato. Sentir é um fato (...) Deus é um mundo.. A verdade é sempre um contato interior e inexplicável.”
Pg.11
“Sim, minha força vem da solidão, nao tenho medo nem de chuvas tempestidas nem das grandes ventania soltas, pois eu também sou o escuro da noite.”
Pg.18

”Nao se conta o tudo por que tudo é um oco nada.”
Pg.63

Nenhum comentário:

Postar um comentário